Porventura Não Ordena 1Co 14 Que Eu Busque Ter E Exercer Os Dons Que Os "Tradicionais" Acham Que Foram Exclusivos Dos Apóstolos?

Hélio de Menezes Silva

 

PERGUNTA:
Caro Hélio, meu irmão em Cristo Jesus,

Eu estava lendo o texto e fui verificar o que estava escrito em 1 Coríntios 14, não entendi. À minha vista o Apóstolo Paulo parece-me estar exortando os cristãos de Corinto (que naquele momento procuravam os dons espirituais) que procurassem a abundância deles. Se eles quisessem falar em línguas estranhas, então que procurassem o dom de interpretá-las, para a edificação da igreja. Minha dúvida fica no seguinte: se os dons eram somente para aqueles "83 apóstolos e discípulos" (como o senhor acredita), então por que Paulo falaria a todos os cristãos de Corinto para que procurassem, buscassem obter os dons espirituais? Desde já agradeço a atenção dispensada. Que DEUS continue contigo, te sustentando com Sua destra e iluminando seus passos.

Att,
RRRR


***************************


RESPOSTA:


Caro irmão RRRR, obrigado pela sua pergunta, pois ela é muito pertinente, e eu mesmo me fiz a mesma pergunta quando li a Bíblia pela primeira vez e, ainda recém convertido, em Campina Grande, comecei a frequentar cultos em quase que todas as igrejas, depois do culto procurando conversar com os pastores e perguntar-lhes o que caracterizava a denominação deles, e porque havia diferenças em relação a outras denominações, e comecei a comparar com a Bíblia cerca de 10 declarações de fé dessas denominações. Portanto, sua pergunta é pertinente e oportuna para ser compartilhada com muitos.

Bem, Deus NUNCA se contradiz: temos que tomar Suas palavras LITERALMENTE, mas, quando parece (somente parece) que uma passagem contradiz outra, temos que analisar cada palavra no dicionário, temos que ver as diferenças de contexto, temos que ver quando, e dirigindo-se a quem, e onde cada uma das duas passagens foi escrita, etc.

No caso dos 3 capítulos 1Coríntios 12 a 14, acredito que a chave está na palavra "emulai", em 12:31. Se a compreendermos, então veremos que não há a menor sombra de contradição entre esses 3 capítulos e outras passagens que indicam que os dons foram exclusivos e identificatórios dos 83 apóstolos e discípulos.

Vejamos:
1 Coríntios 12:31:
EMULAI {* NOTA ABAIXO} vós, porém, os melhores dons. E mostro-vos um caminho (que é) ainda (muito) mais segundo a excelência: (Bíblia LTT)


NOTA:
1Co 12:31: "EMULAI ... os melhores dons": Lembremos que:

a) o dom de

{ um varão (só varão, nunca mulher) judeu (só judeu, nunca gentio) crente (só convertido a Cristo, nunca a Maria, Alá, Joseph Smith, etc.) e chamado por Ele quando Ele aqui veio em pessoa e em Sua carne}

sempre, em todos os casos, de modo infalível + instantâneo + imediato + permanente, poder exercer (diretamente, ou através de um associado ao seu ministério [como os que levaram os lenços e aventais de Paulo], ou através de um dos presentes [como o gentio Cornélio, mas por causa da presença e confirmando o apostolado do varão- judeu- apóstolo, Paulo]) todos os dons de sinais e maravilhas prometidos aos 12-1+1+1 apóstolos e 70 discípulos, foi exclusivo e (portanto identificatório) desses 83. (Se é que você crê em 2Co 12:12! “Os sinais do meu apostolado foram manifestados entre vós com toda a paciência, por sinais, prodígios e maravilhas.” (2Co 12:12 ACF). É tudo extremamente simples: Paulo PROVA que é apóstolo por ter aqueles sinais. Se tais pudessem ser de pelo menos 1 pessoa além dos 83, ele não estaria provando nada, não é?);

b) na hipótese de que 1 Coríntios capítulos 12-14 abrisse margem para os verdadeiros dons (dantes dados pelo Espírito Santo, com exclusividade, aos 13 apóstolos e 70 discípulos) estarem sendo exercidos em Corinto por outras pessoas, e poderem ser exercidos a qualquer século, então, em 1Co 12-14, o Espírito Santo estaria instruindo + repreendendo + disciplinando a SI MESMO (!), para não continuar praticando os "excessos" que Ele estava praticando! Tal hipótese do Espírito Santo brigando consigo mesmo é extrema loucura (ou blasfêmia) que só uma mente desvairada pode entreter!

c) 1Co 12:11 ensina que o Espírito Santo reparte seus dons como ELE quer.



À luz de tudo isto, não conhecemos alternativa mais coerente com toda a Bíblia (e permitida pelo grego) do que reconhecermos que Paulo, em 1Co 12-14, estava instruindo sobre a legítima EMULAÇÃO dos infalíveis dons apostólicos.
Emular, aqui, é "ardente mas santamente ter ciúme-inveja, talvez se esforçando para tentar IMITAR, no sentido de tentar conseguir EFEITOS finais semelhantes aos dos apóstolos (mesmo que em menor grau e não infalivelmente, e mesmo que por OUTROS meios [lícitos] não miraculosos mas providenciais) ".

Um exemplo de emulação: ninguém consegue ter o poder de voar e somente temos ciúme do lindo voo de uma águia, mas desde Santos Dumont que fazemos complexas aeronaves e motores e, de uma forma nem de longe tão elegante, nos deslocamos pelos ares. Estamos EMULANDO a águia, de uma forma pálida, mas conseguimos resultados parecidos. Do mesmo modo, há missionários a quem Deus deu uma maravilhosa inteligência, em 3 meses eles estudam uma língua de uma tribo de índios, em 2 anos traduzem a Bíblia para tal tribo, com perfeição pregam na língua dela, plantam uma igreja, e, quando ela já está bem plantada, vão para diferente tribo, aprendem nova língua, etc. Ao final da vida deles, falam com perfeição 20 difíceis idiomas. Não têm o dom apostólico de instantânea e perfeitamente falar um idioma com perfeição sem nunca o ter estudado, mas emulam, imitam os efeitos dos dons dos apóstolos.
Estou convicto de foi algo semelhante a isso que ocorria em Corinto: crentes mais eruditos e ricos e viajados se levantavam no culto e falavam idiomas que eles sabiam mas quase ninguém mais sabia, mas começava a haver perigos de excessos e carnal exibicionismo, e Paulo levou 3 capítulos orientando, ensinando, repreendendo os desvios de comportamento de alguns dos coríntios.



Escrevi pouco porque acho que talvez isto já seja suficiente. Mas, se houver alguma dúvida em algum outro dos versos em 1Co 12-14, talvez eu também possa tentar ajudar.



Deus o abençoe, irmão.



Hélio. 2013.



*****************************



Outras perguntas em continuação à anterior.


Os ouvintes do sermão de At 2, e Cornélio, refutam sua teoria "só 83 apóstolos e discípulos"?





PERGUNTA 1:
Irmão Hélio, a graça e a paz do Senhor Jesus, como vai tudo bem! Meu irmão eu concordo plenamente com o irmão, mas gostaria de saber se o irmão tem algum estudo sobre:


Esta passagem:
"Arrependei-vos, e sede submersos cada um de vós (apoiados) sobre o nome de Jesus Cristo, em- consequência- da remissão dos (vossos) pecados. Então recebereis o dom- gratuito  (que é) procedente- de o Espírito Santo;
39 Porque a promessa é para vós outros, e para os vossos filhos, e para todos aqueles que estão longe
{*}, para todos- e- quaisquer- homens que o Senhor nosso Deus chamar." {* judeus dispersos; e do futuro; gentios também.} Atos 2:38-39 (LTT)


RESPOSTA DE HÉLIO:
Em primeiro lugar, a palavra "dom- gratuito" está no singular, refere-se a um presente, um tesouro gratuitamente recebido por TODOS (todos, sem demora nem exceção) que biblicamente se arrependeram e creram; um presente recebido em sua plenitude e uma só vez na vida, mas para usufruto contínuo, a cada segundo, sem interrupção, até a eternidade (Aleluia!): e isto só pode se referir ao glorioso "pacote" duplo: (a) o recebimento da salvação eterna, e (b) a habitação pelo Espírito Santo, a terceira pessoa da Trindade que adoramos, Deus habitando dentro do nosso corpo! Presente recebido por TODOS nós, no segundo em que cremos, presente preservado por Deus, presente para toda a eternidade!!!

Na minha Bíblia ainda não encontrei nenhum versículo dizendo que os judeus que ouviram a pregação de Pedro em Atos 2 "falaram línguas" ou tivessem exercido qualquer dos dons de sinais exclusivos e identificatórios dos 83 apóstolos mais discípulos. Mesmo se tal coisa houvesse ocorrido e tivesse sido registrado na Bíblia, teria sido uma efusão do poder que Deus deu aos apóstolos, teria incluido o verdadeiro dom de instantaneamente falar idiomas humanos com toda perfeição, teria sido na presença de judeus descrentes, teria sido exercido somente por varões, etc., pois Deus nunca, jamais, se contradiz.



PERGUNTA 2:
E que tal Atos 10? Cornélio (um gentio) e todos os seus familiares e amigos (que também eram gentios) receberam o dom de língua, e não somente os 12-1+1+1 = 13 apóstolos (os 12 iniciais, menos Judas Iscariotes, mais Matias, mais Paulo) e 70 discípulos, totalizando 13 + 70 = 83 judeus, varões (machos adultos), como você informa no estudo recém enviado.



RESPOSTA DE HÉLIO:

44 ¶ Ainda dizendo Pedro estas palavras, caiu o Espírito, o Santo, sobre todos aqueles varões que estavam ouvindo- aceitando a Palavra {*}. {* "a Palavra" inclui tanto a Palavra ESCRITA (a Bíblia) como o Palavra VIVA (Deus Filho)}
45 E os crentes provenientes- de- dentro- da circuncisão, tantos quantos vieram com Pedro, se maravilharam de que o dom- gratuito de o Espírito Santo também tinha sido derramado sobre os gentios.
46 Porque os ouviam falando línguas
(que eram) estrangeiras (aos falantes), e magnificando a Deus.
47 Então Pedro respondeu: "Porventura pode alguém recusar a água para não serem submersos estes varões que, do- mesmo- modo- como nós, também receberam o Espírito, o Santo?" (At 10:44-47)
(LTT)


A passagem refere-se ao TERCEIRO DOS QUATRO USOS DAS CHAVES PROMETIDAS A PEDRO (E A TODOS OS APÓSTOLOS E DISCÍPULOS) (ver a promessa em Mt 16:19: ),

19 E Eu te darei as chaves do reinar dos céuS {* NOTA}; e toda- e- qualquer- coisa que ligares sobre a terra, será tendo sido ligado nos céus; e tudo aquilo que desligares sobre a terra, será tendo sido desligado nos céuS." (LTT)


{* NOTA: "E Eu te darei as chaves DO REINAR DOS CÉUS":
Cristo não disse "as chaves da ‘Igreja Universal’, portanto da salvação", mas as chaves de "o reinar dos céus" (a rigor, este é o reinar no Milênio, veja nota 3:2), que também, a rigor, é diferente de "o reinar de Deus" (que envolve o conjunto de todos [homens salvos e santas criaturas angelicais] que real e gozosamente se submeteram a Deus, crendo e obedecendo Sua Palavra, veja nota 6:33).
Uma chave é um símbolo de poder ou autoridade Is 22:22; Ap 3:7, mas isso não implica nem 1mm de primado de Pedro sobre os demais apóstolos. Note:
A) Mt 18:18 e Jo 20:21-23 dão evidência de que a mesma autoridade (por exemplo, o poder de ligar e desligar) dada a Pedro também foi dada a todos os outros apóstolos, e Lc 10:1,9 mostra que os 70 outros discípulos também receberam autoridade para curar e fazer os mesmos tipos de sinais dos apóstolos (em todos os casos, sempre, instantaneamente, infalivelmente, completa- perfeita- definitivamente, os apóstolos + os 70 discípulos, autoridade exclusiva e identificatória deles)
B) Ap 1:18 deixa claro que o poder de ligar e desligar não inclui a determinação do destino eterno das almas, e que somente Cristo tem as chaves da morte e do inferno.
C) Sobre os 4 usos da chave, inaugurando o reinar dos céus para os 4 grupos que compõem a humanidade, veja notas em At 2:41; 8:17; 10:44; 19:6, onde {Pedro; Pedro; Pedro e João; e Paulo} usam a chave pela {1ª, 2ª, 3ª, 4ª} vez, inaugurando o reinar dos céus com relação à inclusão dos {judeus; samaritanos; gentios em terra prometida a Israel (tais como Cornélio); gentios em geral (tais como os efésios)}, respectivamente.
D) Pedro nunca alegou ou assumiu nenhuma autoridade (Atos 15:7-11) sobre ninguém, senão a autoridade nesses 3 eventos supramencionados (notas At 2:41; 8:17; 10:44) em que, solene e publicamente, inaugurou o reinar dos céus para 3 diferentes grupo da humanidade.
E) No concílio de At 15, não foi Pedro quem deu a palavra final, mas sim Jacobo, o qual, assim, parece tê-lo presidido, At 15:13 (desde sempre, o normal é que quem está presidindo uma reunião é quem dá a palavra final). Em Gl 2:11-15, Pedro, por causa de sua vergonhosa desfaçatez, foi pública e duramente repreendido por Paulo. Isto é inconcebível a um superior!
F) Pedro nunca alegou ser superior nem ter posição 1mm acima de nenhum outro apóstolo.
}


Em At 10:44-47 a chave de abertura do reinar de Deus é usada por Pedro para abrir a instituição da igreja local para Cornélio e seus familiares e amigos mais íntimos, na Cesareia, assim Pedro abrindo o reinar dos céus (inaugurando-o) para incluir os GENTIOS romanos na terra prometida a Israel {*}.
{* Lembre que todo o ministério de Pedro sempre ficaria restrito aos judeus (Gl 2:8), ao local deles, mas isto poderia abranger os prosélitos que viviam junto aos judeus}

Estes primeiros romanos já tinham sido PROSELITADOS (convertidos ao judaísmo) e viviam como judeus, mas ainda não tinham sido salvos. Como era inauguração do reinar para incluir aquele grupo, e como estava presente um apóstolo, então, simultaneamente com o serem salvos, de forma pública e espantosa caiu o Espírito Santo sobre eles. Seguiram-se sinais exclusivos dos 13 apóstolos + 70 discípulos, para convencer judeus presentes (menosprezadores de gentios) a fim de que não duvidassem das novas salvações.

Note, novamente, que tudo isto foi
-
efusão do poder que Deus deu aos apóstolos (não há promessa nem exemplo, no Novo Testamento, desses sinais terem sido praticados por alguém de Deus e que não fosse diretamente (ou indiretamente, como efusão de poder) através de um dos 83 apóstolos e discípulos que estavam presentes na localidade),
- foi na presença de judeus descrentes (pelo menos descrentes na junção de judeus e gentios para formar igrejas locais);
- foi exercido somente por varões (machos adultos);
- tais varões tinham sido proselitados e praticavam o mais elevado judaísmo e somente lhes faltava saber que o Messias que esperavam foi Jesus Cristo, nEle crer, a Ele receber como Salvador, Senhor, Messias, Deus.
- O dom de instantaneamente falar idiomas humanos sem jamais tê-los aprendidos foi dado imediatamente, a TODOS os varões (machos adultos), indistintamente a TODOS, sem que pedissem nem pudesssem resistir a eles, nem mesmo sabiam da existência desse dom.


Onde está na Bíblia a ordem e profecia (ou, pelo menos, exemplo) que os crentes (ex-judeus ou ex-gentios, homens ou mulheres, sem a presença dos 83 apóstolos e discípulos, independentemente deles, sem presença de judeus descrentes) deveriam ter todos os dons exclusivos dos apóstolos e discípulos, no mesmo tipo e grau e infalibilidade? Se houvesse tal ordem - profecia, TODO verdeiro salvo (quer batista, reformado, ou pentecostal) teria todos esses dons, sem sequer a exceção de um só crente em todos os séculos depois de Pentecostes.



Hélio de Menezes Silva, 2013

 

 

 


 

Todas as citações bíblicas são da ACF (Almeida Corrigida Fiel, da SBTB). As ACF e ARC (ARC idealmente até 1894, no máximo até a edição IBB-1948, não a SBB-1995) são as únicas Bíblias impressas que o crente deve usar, pois são boas herdeiras da Bíblia da Reforma (Almeida 1681/1753), fielmente traduzida somente da Palavra de Deus infalivelmente preservada (e finalmente impressa, na Reforma, como o Textus Receptus).

(Copie e distribua ampla mas gratuitamente, mantendo o nome do autor e pondo link para esta página de http://solascriptura-tt.org)

 

(retorne a http://solascriptura-tt.org/ Seitas/
http://solascriptura-tt.org/Seitas/Romanismo/
retorne a http:// solascriptura-tt.org/ )