O ACASO NÃO EXISTE - LEIA A BÍBLIA!!!

(CONTINUAÇÃO)

www.gotquestions.org/





"E sabemos que todas as coisas contribuem juntamente para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados segundo o seu propósito. Porque os que dantes conheceu também os predestinou para serem conformes à imagem de seu Filho, a fim de que ele seja o primogênito entre muitos irmãos. (Romanos 8:28)

 

SORTE OU DESTINO


Pergunta: O que Bíblia diz sobre sorte ou destino?

Resposta:  Este é um assunto muito complexo e vamos começar pelo que a Bíblia não ensina. Sorte é o que se imagina a respeito de eventos em um curso predeterminado, além do controle humano. Uma típica resposta a esta crença é a resignação: se não podemos mudar o destino, então para que tentar fazê-lo? O que porventura acontece, acontece e nada podemos fazer sobre o assunto.  Isto se chama “fatalismo” e não é bíblico.

         O fatalismo  é,  principalmente, uma premissa do Islamismo, o qual exige submissão total à soberania de Alá. Ele é amplamente mantido, também, pelo Hinduísmo; de fato, é uma visão fatalista da vida, a qual ajuda a manter em funcionamento o sistema de castas da Índia. A mitologia grega fala de Moirai ou de Sortes, três deusas retratadas como tecelãs das vidas dos homens. Suas decisões não podem ser canceladas nem mesmo por outros deuses.  Novamente, o fatalismo não é um conceito bíblico.

 

Sorte e Destino - Nosso Livre Arbítrio


         A Bíblia ensina que o homem foi criado com a capacidade de fazer escolhas morais e que ele é responsável por essas escolhas. A queda do homem não foi um evento predeterminado, no qual Adão e Eva foram vítimas indefesas de um Deus mestre em manipular marionetes. Pelo contrário, Adão e sua esposa tinham a capacidade de escolher a obediência (com a bênção correspondente) ou a desobediência (com a conseqüente maldição). Eles sabiam qual seria o resultado de sua decisão, tendo se tornado responsáveis. (Gênesis 3).

        Este tema de nos tornarmos responsáveis pelas nossas escolhas prossegue através de toda a Escritura.

Provérbios 22:8
- “O que semear a perversidade segará males; e com a vara da sua própria indignação será extinto”.

Provérbios 14:23 -  
“Em todo trabalho há proveito, mas ficar só em palavras leva à pobreza”.

Romanos 13:3 -
“Porque os magistrados não são terror para as boas obras, mas para as más. Queres tu, pois, não temer a potestade? Faze o bem, e terás louvor dela”.

            Muitas vezes, quando a Bíblia fala sobre destino, ela se refere ao destino que uma pessoa acarreta sobre si mesma.

Filipenses 3:18-19
- “Porque muitos há, dos quais muitas vezes vos disse, e agora também digo, chorando, que são inimigos da cruz de Cristo, cujo fim é a perdição; cujo Deus é o ventre, e cuja glória é para confusão deles, que só pensam nas coisas terrenas."

Provérbio 6:32 -
“Assim, o que adultera com uma mulher é falto de entendimento; aquele que faz isso destrói a sua alma”.

Apocalipse 20:13 -
“...e foram julgados cada um segundo as suas obras”.

 

         Pecamos porque escolhemos pecar. Não podemos culpar a “sorte”, a kismet (sorte em árabe), a predestinação ou Deus. Tiago 1:13-14 diz:
“Ninguém, sendo tentado, diga: De Deus sou tentado; porque Deus não pode ser tentado pelo mal, e a ninguém tenta. Mas cada um é tentado, quando atraído e engodado pela sua própria concupiscência”.

            Interessante é que muitas pessoas,  que escolhem pecar, ficam aborrecidas com as consequências negativas do seu pecado.

Provérbio 19:3 -
“A estultícia do homem perverterá o seu caminho, e o seu coração se irará contra o SENHOR”.

            Este verso é bastante indicativo. Quando um homem destroi totalmente a sua vida, ele até pode insistir em culpar Deus ou talvez a “sorte”. Neste caso, ele persiste em sua tolice.

         A Escritura também ensina que devemos escolher ter fé. O comando repetido da Escritura em crer implica em que temos uma escolha no assunto:

João 20:27 -
“e não sejas incrédulo, mas crente”. (Ver também Atos 16:31 e 19:4).

 

Sorte e Destino - A Soberania de Deus


         Para evitar uma idéia errônea, não somos os soberanos mestres de nossa sorte. Só Deus é soberano! O Seu controle soberano é chamado “providência”. Ele escolheu dar-nos o livre arbítrio e criou um universo moral, no qual a lei da causa e efeito é uma realidade. Mas Deus é o único Deus e não há “acidentes” no universo.

         Um Deus Onisciente, Todo-Poderoso deve ter um plano, de modo que não deve ser surpresa que a Bíblia fale de um plano divino. O plano de Deus, visto pertencer a Deus, é santo, sábio e benevolente. A providência de Deus age no sentido de realizar o Seu plano original para a criação.

         Deus fala em Isaías 48:3:
“As primeiras coisas desde a antiguidade as anunciei; da minha boca saíram, e eu as fiz ouvir; apressuradamente as fiz, e aconteceram”. O que Deus anuncia, Ele faz e tudo pode anunciar com séculos de antecedência.

         Lutar contra o plano de Deus é inútil:
“Não há sabedoria, nem inteligência, nem conselho contra o SENHOR”. (Provérbio 21:30). Esta foi a razão porque a Torre de Babel jamais foi completada (Gênesis 11:1-9); porque os detratores de Daniel foram atirados aos leões (Daniel 6:24); porque Jonas ficou um tempo no ventre de um  peixe (Jonas 1:17) e porque eu sempre tenho problema, quando peco.

         Até mesmo o que nós chamaríamos “chance” ou “sorte” está sob o controle de Deus:
“A sorte se lança no regaço, mas do SENHOR procede toda a determinação” (Provérbio 16:33).

         Tudo que acontece no mundo é feito para funcionar segundo o propósito de Deus. O mal existe, mas não lhe é permitido transtornar a providência de Deus. Deus usa até mesmo o homem pecador para os Seus propósitos:
“COMO ribeiros de águas assim é o coração do rei na mão do SENHOR, que o inclina a todo o seu querer”. (Provérbio 21:1). Deus operou no coração dos egípcios (Êxodo 12:35) e do Rei Artaxerxes (Esdras 7:27), a fim de realizar o Seu propósito. Mesmo quando o intento do homem é totalmente mau, Deus ainda pode realizar a Sua vontade, como no caso dos que crucificaram Jesus (Atos 2:23; 4:27-28).

         O plano de Deus inclui uma recompensa para os que nEle confiam e Ele promete glorificar os Seus filhos:
“Mas falamos a sabedoria de Deus, oculta em mistério, a qual Deus ordenou antes dos séculos para nossa glória; a qual nenhum dos príncipes deste mundo conheceu; porque, se a conhecessem, nunca crucificariam ao Senhor da glória. Mas, como está escrito: As coisas que o olho não viu, e o ouvido não ouviu, e não subiram ao coração do homem, são as que Deus preparou para os que o amam”. Observem a palavra “destinou” nesta passagem, um destino embasado em nosso amor pelo nosso  Senhor.


Sorte e Destino - Um Plano Individual


         A soberania de Deus alcança até mesmo um plano para nossas vidas individuais. Isto está registrado no chamado de Deus a Jeremias - mesmo antes dele ter nascido:

        
“Assim veio a mim a palavra do SENHOR, dizendo: antes que te formasse no ventre te conheci, e antes que saísses da madre, te santifiquei; às nações te dei por profeta” (Jeremias 1:4-5).

         Davi também reconheceu que o Senhor tinha um plano para ele, conforme o Salmo 139:16:
“Os teus olhos viram o meu corpo ainda informe; e no teu livro todas estas coisas foram escritas; as quais em continuação foram formadas, quando nem ainda uma delas havia”.

         Por causa deste conhecimento, Davi buscou a específica orientação do Senhor, em muitas situações, tais como é visto no 1 Samuel 23:9-12: "Sabendo, pois, Davi, que Saul maquinava este mal contra ele, disse a Abiatar, sacerdote: traze aqui o éfode. E disse Davi: Ó Senhor, Deus de Israel, teu servo tem ouvido que Saul procura vir a Queila, para destruir a cidade por causa de mim. Entregar-me-ão os cidadãos de Queila na sua mão? Descerá Saul, como o teu servo tem ouvido? Ah! Senhor Deus de Israel! Faze-o saber ao teu servo. E disse o Senhor: Descerá. Disse mais Davi: Entregar-me-ão os cidadãos de Queila, a mim e aos meus homens, nas mãos de Saul? E disse o Senhor: Entregarão."


Sorte e Destino - Juntando Tudo isto


         Em Atos 9:5, Jesus aparece a Saulo de Tarso com uma declaração interessante:
“E ele disse: Quem és, Senhor? E disse o Senhor: Eu sou Jesus, a quem tu persegues. Duro é para ti recalcitrar contra os aguilhões”.

         Obviamente, Jesus tinha um plano para Saulo, contra o qual Saulo havia resistido (penosamente). Exercer nossa liberdade contra o plano de Deus pode ser penoso.

         Mais tarde, Jesus disse a Saulo que um homem chamado Ananias iria visitá-lo, quando, então, Jesus disse a Ananias:
“Levantate, e vai à rua chamada Direita, e pergunta em casa de Judas por um homem de Tarso chamado Saulo; pois eis que ele está orando; e numa visão ele viu que entrava um homem chamado Ananias, e punha sobre ele a mão, para que tornasse a ver” (versos 11-12). Obviamente, Jesus tinha um plano prearranjado, também, para Ananias. Ora, Ananias não queria visitar Saulo (versos 13-14). Ele poderia ter agido como Jonas, tomando outro caminho. Se tivesse sido esta a sua escolha, Deus teria um “peixe” preparado para trazê-lo de volta. Ananias obedeceu (verso 17). Exercer nossa liberdade para seguir o plano de Deus traz bênção.

         Em suma, a Bíblia ensina que Deus está no controle. Ao mesmo tempo, Ele nos deu liberdade para obedecê-Lo ou desobedecê-Lo e existem algumas coisas que Deus faz somente em reposta à oração:
“Cobiçais, e nada tendes; matais, e sois invejosos, e nada podeis alcançar; combateis e guerreais, e nada tendes, porque não pedis”.

            Deus abençoa o obediente e é longânimo com os desobedientes, ao ponto de parecer lassidão. Ele tem um plano para nossas vidas, o qual inclui nossa felicidade e Sua glória, tanto neste mundo como no mundo porvir. Os que aceitam Cristo como Salvador, aceitaram o plano de Deus (João 14:6). E a partir daí, passo a passo, tudo se encaminha para o melhor que Deus tem para nós, quando oramos para que a Sua vontade seja feita (Mateus 6:10) e evitamos as armadilhas do pecado (Salmo 32:1-11: 119:59; Hebreus 12:1-2).

 

What Does The Bible Say About Fate-Destiny
www.gotquestions.org/

Traduzido por Mary Schultze, em 28/08/2010 - www.maryschultze.com

 



 

 

 

 

E a vida eterna é esta: que te conheçam, a ti só, por único Deus verdadeiro, e a Jesus Cristo, a quem enviaste. (Jo 17:3)







Só use as duas Bíblias traduzidas rigorosamente por equivalência formal a partir do Textus Receptus (que é a exata impressão das palavras perfeitamente inspiradas e preservadas por Deus), dignas herdeiras das KJB-1611, Almeida-1681, etc.: a ACF-2011 (Almeida Corrigida Fiel) e a LTT (Literal do Texto Tradicional), que v. pode ler e obter em BibliaLTT.org, com ou sem notas).



(Copie e distribua ampla mas gratuitamente, mantendo o nome do autor e pondo link para esta página de http://solascriptura-tt.org)




(retorne a http://solascriptura-tt.org/ Seitas/
retorne a http:// solascriptura-tt.org/ )